SAMU e HRVR atendem vítimas de acidente envolvendo ônibus na BR-116

Sem Comentários 50 Acessos

A equipe da UTI móvel do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) do Vale do Ribeira e do Hospital Regional (HRVR/Consaúde) tiveram presença fundamental no resgate e atendimento às vitimas do acidente ocorrido por volta das 4 horas da madrugada de quarta-feira, 17, quando um ônibus da Gadotti Transporte e Turismo Ltda, que saiu de Blumenau (SC), tombou na altura do quilômetro 473 da pista sentido PR-SP da rodovia Régis Bittencourt (BR-116), em Jacupiranga (SP).

Policiais militares e bombeiros da região, uma equipe de socorro do SAMU Vale do Ribeira (Consaúde) e da concessionária Autopista foram acionados para realizar o atendimento pré-hospitalar às vítimas. Como o responsável técnico no local mais próximo era o médico socorrista do SAMU, Dr. Nelson Geanpietro Serrano, o serviço de urgência móvel do Consaúde acabou ficando responsável pela organização do atendimento às vítimas. Há dois anos, após a concessão, o SAMU/Consaúde transferiu o atendimento para as rodovias estaduais, ficando sob responsabilidade da concessionária o socorro a acidentados na BR-116.

O médico Nelson Serrano afirma que “a chegada da equipe da UTI móvel do SAMU auxiliou os trabalhos de forma fundamental, pois deu maior dinâmica ao atendimento”. Uma das passageiras não resistiu aos ferimentos e morreu. Os demais feridos, cerca de 20 passageiros, foram atendidos no local. Ao todo 14 passageiros em condições mais graves foram levados para o HRVR/Consaúde.

No Hospital Regiona, o clima foi de mobilização total, desde a diretoria às salas de cirurgia para atender bem os acidentados. Segundo o Dr. Freddy Paredes, integrante do corpo clínico do hospital e um dos responsáveis pelos procedimentos, “as equipes da UTI, centro cirúrgico, urgência, enfermagem, entre outros, trabalharam de forma integrada, centímetro a centímetro para avaliar os casos mais graves e coordenar com eficiência os trabalhos de triagem na chegada dos 14 passageiros.”

Não se sabe ainda a causa do acidente. A pista se encontrava seca. Até a noite de quarta-feira, dia 17, três pacientes haviam sido liberados e os demais passageiros, ainda internados, já estavam estabilizados – uma passageira ainda se encontra na UTI, após sofrer uma série de fraturas nas costelas. O motorista do ônibus está consciente e sofreu apenas escoriações, mas ainda não explicou o ocorrido.

Categoria: Saúde

Notícias Relacionadas

Deixar um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão em destaque.

SOBRE
O Portal Vale do Ribeira foi concebido como um canal de informação que tem como objetivo coletar e catalogar notícias e os mais variados tipos de informações sobre o Vale do Ribeira e suas características únicas.